sábado, 19 de janeiro de 2013

Custou mas as nuvens deram uma trégua, e consegui uma bela noite de observações e é claro algumas fotos.

Consegui hoje alguns resultados bem satisfatórios.

Primeiro mirei na nebulosa Eta Carinae. Aliás, outro dia vi um vídeo super interessante sobre a estrela que está no centro da nebulosa, que tem o mesmo nome. Segue o link para quem quiser ver:
Clique aqui.

Os astrônomos esperam que a qualquer momento essa estrela sofra sua terceira e provavelmente última explosão, que provavelmente culminará no surgimento de um Quasar ou um buraco-negro.

Sem dúvidas foi o melhor resultado que consegui com essa nebulosa até hoje. Foi a terceira vez que à fotografei, e fiquei bem satisfeito com o resultado.


Algum tempo depois, surgiu por traz de um prédio o meu primeiríssimo contato com um Aglomerado Globular. É lindo de se observar, muito difícil de se fotografar. Fiquei melhorando o alinhamento por 30 minutos, até conseguir bater fotos com pouco arrasto. Isso porque estava fotografando com apenas 10 segundos de exposição. Eis o NGC 5139.

É um aglomerado globular que orbita nossa galáxia, e está a pouco mais de 12 mil anos-luz da Terra.

Acredita-se que exista um buraco-negro no centro desse aglomerado que é formado por alguns milhões de estrelas.

É o único aglomerado globular que pode ser visto a olho nu.

Para primeira foto fiquei satisfeito, principalmente porque fui interrompido por algumas nuvens que fizeram eu diminuir pela metade o número de frames que desejava fazer.



Por fim não resisti e ao avistar Saturno fui obrigado a dar uma espiadinha, e não resisti em fazer um vídeozinho. Abaixo a foto que rendeu a espiandinha.
 

Entre uma foto e outra coloquei a cam na rosca externa dele e fiz algumas fotos da janela do quarto e a região do céu que estava fotografando. Com essa foto dá pra se ter idéia do meu sofrimento com a visão limitada e principalmente a poluição luminosa.

Na foto dá pra ver bem nítido, mais embaixo na imagem, o Cruzeiro do Sul.


Abraço a todos!